Não, obrigado. Fechar a janela.

Home » Propósito » Sustentabilidade Ambiental

Sustentabilidade Ambiental

Sustentabilidade Ambiental significa encontrar formas inovadoras de minimizar nosso impacto no meio ambiente e reduzir nossos custos com a conservação de água e energia bem como redução do uso de material de embalagem.


A PepsiCo desenvolveu programas para agricultura sustentável que envolvem produtores e aproveitam a nossa escala para compartilhar boas práticas. Estamos encontrando formas inovadoras para minimizar nosso impacto sobre o ambiente e para reduzir nossos custos, com iniciativas de conservação de energia e água, assim como pelo uso reduzido de material de embalagem. Além disso, estamos trabalhando para melhorar constantemente nossa eficiência global no uso operacional de água e, em 2012, recebemos o prêmio Stockholm Industry Water Award.

Também reduzimos globalmente o peso de embalagens de nossos produtos em 159 milhões de kg nos últimos cinco anos.

A PepsiCo já foi incluída no Índice Mundial de Sustentabilidade Dow Jones por seis vezes. O índice avalia anualmente o desempenho ambiental, social e econômico, sendo o ranking mais influente nas decisões de gestores de fundos.

 

  • PROJETOS PATROCINADOS
    • Prêmio Eco-Challenge
      O prêmio Eco-Challenge, iniciativa do YAB T (Young Americas Business Trust) com apoio da PepsiCo, reconhece ideias inovadoras voltadas para a sustentabilidade. Em 2013, o Brasil, que obteve 137 inscrições, foi o único país a levar duas equipes dentre as 8 propostas selecionadas para a final do prêmio. A equipe paulista Courrieros, detentora do projeto Ecolivery Courrieros, cuja proposta é oferecer na cidade de São Paulo o serviço de entrega por meio de bicicletas, venceu na categoria Empreendedor Social de 2013. O apoio/patrocínio ao Eco Challenge pela PepsiCo tem como base o compromisso de fortalecer e acelerar as transformações socioambientais em suas comunidades, além de incentivar o empreendedorismo e promover o “empoderamento” de jovens

      Mostra EcoFalante
      A 3º edição da Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental reuniu conteúdos audiovisuais multiplataforma, filmes de ficção, documentários,produções televisivas e outras mídias, promovendo um amplo debate com foco no desenvolvimento sustentável. A mostra é dividida em 3 programas:
      - Retrospectiva Histórica: uma reflexão sobre o cinema e o meio ambiente ao longo do século XX;
      - Mostra Contemporânea: um panorama atual de obras que vem se destacando em festivais nacionais e internacionais;
      - Mostra Escola/Infanto-juvenil: Temática ambiental de forma lúdica através de curtas de animação.
      O projeto foi realizado em cinemas da cidade de São Paulo na segunda quinzena de março de 2014 e seguirá pelo interior do estado em outubro de 2014.

      Estima-se atingir um total de 12.000 pessoas durante a mostra.
       
  • PROGRAMA RECICLO PEPSICO
    • O que é? 
      A preocupação com o destino dos resíduos gerados nas etapas de produção e pós-consumo está na visão estratégica e forma de atuação da PepsiCo há mais de uma década. O Programa Reciclo PepsiCo da um olhar amplo sobre o tema, propondo um programa que reúne integrantes de toda cadeia produtiva e setor público, somados a sociedade civil - por meio de seus consumidores - que junto com a PepsiCo trabalham para a redução do impacto negativo dos materiais.O programa considera tanto a redução do impacto ambiental, quanto dos custos da companhia, além do aspecto social relacionado aos participantes da cadeia. Seu objetivo é formar cadeias completas para tratar da questão dos resíduos pós-consumo no segmento específico de atuação da empresa (predominantemente, as embalagens de BOPP e PET). A estratégia vai ao encontro da visão de negócios de Performance com Propósito, que significa entregar ótimo desempenho fazendo as coisas certas para as pessoas e para as comunidades ao redor do mundo. 

      Inovar
      Inovação é o ato de colocar em prática ideias capazes de melhorar produtos, serviços, processos e gestão. Seus frutos são a criação de novas possibilidades e reinvenção dos negócios segundo as necessidades do mercado, com o objetivo de levar as companhias ao contínuo crescimento.

      É adotada como estratégia para diferenciá-las no segmento em que atuam, por oferecerem soluções ainda não encontradas pela concorrência.

      Linha do Tempo de Redução de Embalagens 

      O bocal e a espessura das paredes de todas as garrafas de bebidas Pepsi foram reduzidos, gerando uma economia superior a 4 mil toneladas de plástico em dez anos. A busca pelo menor peso da garrafa é uma constante na empresa.
      - Quando a PE T de 3,3 L foi lançada, pesava 65 g. Hoje, pesa 57g. A PE T de H2OH! 1,5 L perdeu 11 g. Além disso, a PepsiCo foi a primeira empresa do Brasil, em 2009, a ter bocal com menos 1,4 g, por ser um pouco mais baixo. Atualmente, 60% das linhas de produção PE T da Ambev têm bocal mais curto e a meta é chegar a 100% até o fim de 2014.
      - As embalagens do refrigerante TEE M (vendido apenas na região sul do Brasil) passaram a ser 100% produzidas com material reciclado. Desde o início do projeto, em 2012, foram fabricadas 7 milhões de embalagens, o equivalente a 330 toneladas de plástico. Por causa do sucesso dessa inovação, já tiveram início os testes para usar 40% da embalagem reciclada na Pepsi e 100% no H2OH!
      - Tendo em vista obter ganhos no processo produtivo e diminuir a geração de resíduos, a empresa reduziu a quantidade de plástico BOPP (polipropileno biorientado) usado no mordente, área localizada nas extremidades das embalagens. Geralmente metalizado, esse material possui excelentes características para manter os alimentos bem acondicionados porque impede o contato com gases, umidade e variação de temperatura, por exemplo. Também tem melhor aceitação de tinta e desliza com facilidade nas máquinas de empacotamento, aumentando a produtividade. O mordente é uma área selada e serrilhada, com a função de ajudar na abertura do pacote. A redução foi de 12 para 6 milímetros, iniciativa que gerou uma economia de 500 toneladas dessa matéria-prima.

      Displays Reciclados

      A PepsiCo teve uma iniciativa de vanguarda ao ser a primeira empresa do mundo a produzir displays de BOPP (polipropileno biorientado) 100% reciclados. Os displays são peças utilizadas nos pontos de venda para a exposição dos produtos e passaram a ser fabricados a partir do reaproveitamento das embalagens de snacks. Até então, elas não tinham nenhum destino específico, sendo hoje reutilizadas em benefício da companhia e do meio ambiente. Tal iniciativa proporcionou a chance de fechar o ciclo de produção da embalagem.

      Depois de separados, os pacotes de snacks são moídos, lavados, descontaminados e reprocessados para virar grãos, ou seja, matéria-prima dos displays. O processo gera renda para catadores de material reciclado, empresas processadoras de resíduos e fabricantes de displays, por exemplo.

      Houve êxito em viabilizar um projeto repleto de desafios, entre eles, alcançar a mesma resistência e conseguir menor custo da peça, sem perder o impacto visual. Dessa forma, a PepsiCo contribui para a geração de renda e incentiva a coleta e reutilização de materiais, antes descartados, pelos catadores. Com essa medida a PepsiCo reduz seu custo e melhora ainda mais sua pegada ambiental.

      Engajar

      O que é?

      Engajar significa atrair a atenção das pessoas para a defesa ou colaboração em certa causa. A palavra também está ligada ao comprometimento porque mostra o empenho existente nas ações praticadas pela conquista de algo.
      Na PepsiCo, o engajamento tem o objetivo de levar funcionários, fornecedores, clientes e a sociedade a atitudes que resultem em benefícios para o meio ambiente.

      Video Manifesto no Facebook

      “Reciclar, essa é a onda!” (Ibirapuera)

      O mais conhecido parque da cidade de São Paulo, o Ibirapuera, foi escolhido como local de divulgação da campanha “Reciclar, essa é a onda!”, promovida pela Ruffles.
      Quem passou por lá participou de brincadeiras com palhaços, que ensinavam de forma divertida a descartar corretamente as embalagens. Alguns deles levavam lixeiras de plástico (vermelhas) para encenar esse gesto benéfico à natureza. A ação contou com a parceria da Prefeitura de São Paulo e da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente.
      Esse trabalho educativo também mostrou à população o que pode ser feito com as embalagens de plástico BOPP, usado nos saquinhos de snacks, após o seu descarte adequado. As pessoas ficaram sabendo que as embalagens de salgadinho podem ser recicladas e utilizadas na fabricação de displays dos próprios snacks, feito com material 100% reciclado.

      “Pode ser reciclada” (Salvador - BA)

      A campanha “Pode ser reciclada” foi feita pela Pepsi não apenas com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da reciclagem, mas também para mostrar o valor de uma garrafa PE T vazia. Realizada no Parque da Cidade de Salvador, a ação teve a parceria da Prefeitura de Salvador e da Escola Olodum.

      Os organizadores elaboraram uma ação de incentivo que consistia em dar um litro de Pepsi para cada pessoa que levasse dez garrafas PE Ts vazias ao posto de troca. O estímulo em participar da brincadeira aumentou quando foi divulgado que algumas garrafas escondidas eram premiadas, ou seja, podiam ser trocadas por fones de ouvido ou aparelhos de mp3.

      Ao mesmo tempo, o site da Pepsi lançou uma ação colaborativa visando estimular a iniciativa por meio do facebookconnect, uma ferramenta que permite interagir com outros sites por meio do Facebook. Cada compartilhamento equivalia a 20 pontos e a cada 10 mil pontos a cidade receberia uma benfeitoria. O objetivo foi alcançado em uma semana e a Escola Olodum ganhou equipamentos profissionais para seu novo estúdio de música. Mais de 13 mil pontos foram somados na campanha de compartilhamento na internet.

      A ação Caça Garrafas estimulou o hábito da reciclagem e deixou a população mais consciente da importância dessa prática no dia a dia. A PepsiCo exerceu sua influência para conscientizar a sociedade por meio de uma iniciativa capaz de mobilizar várias pessoas sobre um tema tão importante para todos.

      Tamanho sucesso na campanha de conscientização levou a Prefeitura de Salvador a inserir a data no Calendário Oficial da Cidade.
       

       

  • ÁGUA
    • Nossa meta é ajudar a proteger e conservar fontes globais de água, especialmente em áreas que têm falta de água, e fornecer acesso a água potável.

      O programa Recon (Resource Conservation) teve início em 2006 com o objetivo de conscientizar e implantar programas voltados para o uso racional de água e energia no processo produtivo da PepsiCo. Em 2011, passou também a inserir a parte de resíduos sólidos, com enfoque na redução, reuso e reciclagem dos resíduos. Desde sua implementação (que aconteceu nas diversas plantas entre 2006 e 2013), o consumo de água reduziu de 4,66 m³/ton para 3,36 m³/ton, ou seja, 29%. As plantas que tiveram o melhor desempenho na redução de consumo de água foram Sorocaba e Recife, nas quais houve redução de 73% e 48%, respectivamente.

      Em 2014, o Recon iniciará a implementação em todos os Centros de Distribuição no páis. O Centro de Distribuição de Londrina (PR), que foi migrado para novas instalações no final de 2013, já traz essas iniciativas, que incluem economia de água potável e sistema de coleta de água de chuva que abastece o reservatório da área administrativa, atendendo a bacias sanitárias e rede de distribuição no pátio para limpeza e irrigação. Além disso, a cobertura de telhas termo acústicas torna o ambiente interno agradável, e a iluminação através de telhas translúcidas leitosas permite passagem de luz do dia e retenção de parte do calor do sol.

      Outras iniciativas incluem o reuso da água. Todo o efluente gerado na unidade de Feira de Santana, por exemplo, é reaproveitado para irrigação após o tratamento na nossa Estação de Tratamento de Efluentes. Desde que se instalou a operação (maio/2013), foram reutilizados em média de 7000 m³ de água. Em Recife, ainda temos o reuso de água para utilização em sanitários.

      Em 2012 a PepsiCo tornou-se a primeira empresa privada a apoiar e financiar uma iniciativa que irá levar água potável para 5 milhões de pessoas em 11 estados do semiárido nordestino – o programa Um Milhão de Cisternas. Até 2014 serão investidos cerca de R$ 3,5 milhões no programa, coordenado pela organização ASA (Articulação do Semiárido). O programa financia a construção de cisternas com foco na entrega de cisternas produtivas, ou seja, reservatórios para captação de água para utilização em agricultura familiar, além de cisternas destinadas a escolas públicas.

  • EMBALAGENS, RESÍDUOS E RECICLAGEM
    • Nossas metas são inovar nossas embalagens para fazê-las cada vez mais sustentáveis, minimizando nosso impacto no meio ambiente e trabalhar para eliminar resíduos sólidos que são destinados a aterros de nossas unidades fabris.

      Em maio de 2013 a PepsiCo lançou o programa Reciclo PepsiCo, que une inovação, engajamento e reciclagem em ações voltadas para a reutilização de seus resíduos pós-consumo, unificando todas as iniciativas da companhia nesse sentido.

  • CIDADANIA CORPORATIVA
    • Uma das iniciativas do Reciclo PepsiCo é o Projeto de parceria com Cooperativas de Catadores, melhorando as condições de trabalho dos cooperados e incentivando o aumento da reciclagem de plástico PET e BOPP. O projeto transforma as cooperativas em microempresas formalmente constituídas, capacita os cooperados e estabelece parcerias para a criação de uma rede de comercialização com foco no aumento da produtividade e da renda coletiva e individual dos cooperados. Para o início do projeto foram selecionadas oito cooperativas na Zona Sul da cidade de São Paulo, que reúnem 160 cooperados cuja renda média mensal não ultrapassava o salário mínimo no início do projeto.

      Desde seu início, a iniciativa já mostra resultados significativos, como um aumento de 35% no valor para a venda do PET recolhido pelos cooperados e negociação de valor competitivo para a reciclagem do BOPP, material que antes não fazia parte da atividade das cooperativas. Além disso, nos dois casos, já foram firmados contratos de compra que garantem uma demanda perene e, portanto, maior estabilidade de renda para os cooperados.

      O Reciclo PepsiCo abarca ainda as ações da empresa na redução de material em suas embalagens (de BOPP e PET). Em 2009, a PepsiCo mudou as garrafas dos refrigerantes H2OH! e Pepsi para reduzir 1,46 g de PET e 0,21 g de plástico nas tampas. Desde o início da iniciativa a PepsiCo Brasil já reduziu o consumo de quase 4.000 toneladas de plásticos. Em 2011 reduziu-se também a espessura e o tamanho do mordente das embalagens de snacks, gerando, desde então, uma economia de 500 toneladas de plástico. O mesmo movimento foi iniciado em 2012 para redução da tinta utilizada nas embalagens de snacks, iniciativa que já garantiu redução de 50% da tinta utilizada.

      Desde 2010 a PepsiCo produz displays a partir de BOPP reciclado, película de polipropileno biorientada utilizada na fabricação das embalagens de snacks da empresa. Este projeto inovador, que mobiliza a cadeia produtiva da empresa, já levou ao mercado mais de 150 mil displays 100% reciclados para expor seus produtos em supermercados e pontos de vendas nos últimos dois anos. Para cada display BOPP, são reutilizadas em média 425 embalagens, chegando a mais 66 milhões de embalagens recicladas no total.

      Nas plantas, como parte do Programa Recon (Resource Conservation), eliminamos 92% dos resíduos sólidos de nossas 16 fábricas que seriam destinados a aterros sanitários. Esses resíduos são hoje reciclados ou reaproveitados. Em 2014, todos os Centros de Distribuição da PepsiCo também implementarão o Programa.
       
  • GHG (Emissão de Carbono)
    • Nossa meta é trabalhar para atingir redução máxima de emissões e gases de efeito estufa em nossos negócios globais.

      Na fábrica de produtos Quaker em Porto Alegre, a PepsiCo substituiu no final de 2011 a caldeira de vapor, para geração de energia, movida à gás natural, por uma nova caldeira de biomassa, que utiliza como matéria prima a casca da aveia, até então, um resíduo industrial. O projeto trouxe a redução do consumo de 43.000 m³/mês do gás natural, redução de 1.042 toneladas nas emissões de gases de efeito estufa e a redução de 1.440 toneladas ao ano de resíduos, por conta da reutilização da casca de aveia, o que representa 20% do volume total gerado deste subproduto. A capacidade de produção de vapor atingida pelo sistema é de 2.500 kg/h, o que significou uma redução de 38% no consumo de energia por kg de aveia produzida. Ao final dos primeiros cinco anos, o projeto terá proporcionado uma economia total de R$ 464 mil. A partir daí, o total de economia passará a ser de R$ 561 mil anuais. A iniciativa foi reconhecida em 2013 pelo Prêmio Eco, promovido pela AMCHAM.

      Também como parte do Programa RECON, o consumo de energia foi reduzido em plantas da PepsiCo em todo o país de 0,88 kwh/ton para 0,85 kwh/ton, ou seja, redução de 3,2%. A planta que teve o melhor desempenho na redução de consumo de energia foi Itu, na qual houve redução de 22% (de 2,21 kwh/ton para 1,74 kwh/ton).

      Atualmente várias plantas estão realizando projetos de eficiência de iluminação, alcançando resultados de até 50% de economia de energia em iluminação em Sete Lagoas (MG), por exemplo.


      AGRICULTURA

      Nossa meta é continuar a apoiar a agricultura sustentável por meio da expansão das melhores preaticas entre nossos produtores e fornecedores.

      Desde 1997 temos no Brasil o Programa Agro, que visa estabelecer parcerias de longo prazo com os produtores de nossas matérias primas – batata, aveia, girassol e coco – e realizar melhorias tecnológicas no campo, bem como a troca de experiências entre os produtores. Temos uma equipe dedicada para dar suporte aos produtores agrícolas que participam do programa. No caso dos produtores de batata, por sermos um dos maiores consumidores de batata para uso industrial do país, o relacionamento iniciou antes mesmo do Programa Agro, com parceiros há mais de 20 anos. A cultura de girassol vinha perdendo espaço no país até o início da demanda da PepsiCo para a produção de óleo HOSO para seus snacks, que deu uma nova oportunidade de renda aos produtores. A PepsiCo também mudou a cadeia de abastecimento de coco no Brasil ao estabelecer o Programa Agro para essa cultura, oferecendo contratos formais, assistência técnica e difusão de tecnologia para esta cadeia de produção agrícola.

      O Programa Agro de Girassol visa originar a matéria-prima, com garantia de qualidade e visibilidade de custos, por meio de precificação de todos os elos da cadeia de abastecimento. A PepsiCo participa de toda a cadeia, com a contratação dos grãos de girassol, fornecimento de óleo bruto, contratação de prestadores de serviço para extração e refino de óleo e ainda contratação de logística para movimentação da cadeia.

      Atualmente utilizamos cerca de 9 mil toneladas de HOSO ao ano e somos os maiores originadores de Óleo de Girassol Alto Oléico do País. Contratamos Girassol nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

  • CADEIA DE SUPRIMENTOS RESPONSÁVEL
    • Dentro de seu compromisso de Performance com Propósito, a PepsiCo estabelece um Código de Conduta para seus fornecedores. O Código divulga globalmente nossas expectativas em termos de práticas trabalhistas, saúde e segurança do trabalhador, gestão ambiental e integridade nos negócios. Nosso Código do Fornecedor está baseado em padrões estabelecidos pela Organização internacional do Trabalho e United Nations Global Compact e está alinhado também a outros padrões internacionalmente reconhecidos. 

A Companhia | Pepsico

A história de sucesso da PepsiCo no Brasil se confunde com a história de crescimento e desenvolvimento do próprio país nos últimos 60 anos.
Veja Mais »

Marcas

Presente desde 1953 no território nacional, a PepsiCo está no lar dos brasileiros em todas as ocasiões, com as marcas preferidas de todas as pessoas da família.
Veja Mais »

Carreira

Nosso objetivo é capturar e transmitir a satisfação de fazer parte de uma empresa dinâmica e orientada para os resultados, com marcas poderosas e profissionais talentosos.
Veja Mais »